Autarquia de Melhoramentos da Capital Comcap

06/08/2019 - Comcap
Equipe da coleta presenteia garotinho com réplica do caminhão
Réplica foi feita por Cleomar, gari que está quase se formando em Engenharia Ambiental Sanitária

foto/divulgação: Arquivo pessoal/Divulgação Comcap

Lucas e equipe da Comcap: garis Wagner Silveira, Luiz Gonzaga da Silva, Cleomar Sachini e motorista Rafael Dias

Lucas estava de aniversário segunda, mas ganhou presente adiantado dos seus amigos da Comcap. No sábado, recebeu uma réplica de caminhão compactador. O gari Cleomar Roberto Cavalett Sachini conta que o menino _ como a maior parte das crianças _ é encantado com a Comcap, com a movimentação da equipe e do caminhão de coleta. Mas teve um dia em que ele estava viajando e a família fez chamada de vídeo para mostrar que seus amigos estavam fazendo o roteiro.

 

“Nesse dia, ao perceber como ele nos valorizava, decidi fazer uma réplica de madeira para presenteá-lo”, conta Cleomar. Não é a primeira vez que ele retribui dessa forma o carinho da criançada. Em 2017, presenteou um garotinho de Canasvieiras. Lucas mora na Lagoa.

 

A equipe que presenteou Lucas é formada pelos garis Wagner Silveira, Luiz Gonzaga da Silva, Cleomar Sachini e o motorista Rafael Dias.

 

Gari quase engenheiro


Ainda criança, Cleomar aprendeu a fazer carrinhos de madeira com seu pai. O agricultor fazia em casa os brinquedos para os filhos. Com a disciplina de desenho técnico, do curso de Engenharia Ambiental Sanitária, aprimorou as réplicas. Gari da Comcap há seis anos, Cleomar se tornará engenheiro no final deste ano.

 

Nas réplicas, pratica o reuso dos materiais. Tirando cola e alguma tinta, os insumos são todos reaproveitados. Cleomar planeja o caminhão e sai à procura do material nos roteiros de coleta ou no Ecoponto da Comcap.

“Os colegas da Comcap ajudam a separar os materiais: quando aparece compensado naval, mais fino, ou de roupeiro mesmo. No mais, é jeito, tempo e paciência para fazer o que precisa e tudo dá certo”, conta ele.

 

Cleomar fez um caminhão ano passado para doar a um garotinho argentino no roteiro de coleta de Canasvieiras. Todo em madeira. Nesse, para Lucas, inovou. Usou cabine de plástico de caminhão recuperado do lixo, remodelou-a e fez a parte do baú em madeira. “Com o reuso de materiais, evito ter custo com matéria prima e pratico o que estudo. É importante reduzir o consumo e reaproveitar as coisas.”

 

Os pais de Cleomar são de Erechim, no Rio Grande do Sul. Até hoje residem lá, mas ele nasceu em Rio Brilhante, no Mato Grosso do Sul, num período em que a família buscou uma vida melhor. Morou no Centro-Oeste até nove anos de idade. Há 10 anos, reside na Grande Florianópolis.

 

CLIQUE AQUI para ver outras histórias de crianças que admiram os garis da Comcap