Órgãos

COMCAP



  • Banner: Coleta domiciliar de resíduos sólidos
  • Banner: Coleta gratuita de resíduos volumosos
  • Banner: Destino certo aos resíduos
  • Banner: Ecopontos da Comcap
  • Banner: PEVs de Vidro
  • Banner: Ouvidoria e SAC Comcap
  • Banner: Parque Jardim Botânico de Florianópolis
home >
Perfurocortantes

 

RESÍDUOS PERFUROCORTANTES | Florianópolis registra um acidente de trabalho com trabalhador em limpeza urbana a cada dois dias praticamente.

 

Dos 242 acidentes ocorridos em 2016 com empregados da Comcap, metade foi provocada por circunstâncias alheias ao controle da companhia:más condições das calçadas e vias, usuário que oferece os resíduos de forma inadequada ou no trajeto para o trabalho. 

 

A colaboração do usuário do sistema de coleta é essencial para a redução de acidentes.

 

Além dos acidentes com vidro mal acondicionado, porque o usuário deixou de embalar em jornal e dispor em caixa longa vida ou garrafa plástica rígida e de sinalizar o perigo, o uso de contentores de baixa qualidade tem caracterizado nova fonte de risco aos garis. Os contentores são de uso obrigatório em domicílios comerciais e de serviços e em condomínios residenciais pela Lei 113/2003.

 

Em 2016, apenas no mês de abril não ocorreram acidentes com contentores de resíduos sólidos. Durante o ano foram 17 acidentes diretamente relacionados aos equipamentos, com prejuízo de 139 dias em afastamento de empregados.

 

De modo que o risco de acidente com contentores já é maior do que o verificado por excesso de peso.

 

O número de acidentes por ataque de animal reduziu pela metade de 2015 para 2016.

 

Coleta exclusiva de vidro

 

Desde o final de 2014, a Comcap vem implantando a coleta seletiva exclusiva de vidro em pontos de entrega voluntária (PEVs de Vidro). Também implantou compartimentos especiais para vidro nos caminhões da coleta seletiva.

 

Agora, a Comcap precisa da ajuda do morador para que a separação desses materiais que oferecem risco à saúde do gari e provocam danos ao equipamento seja mais eficiente.

 

O cidadão pode ajudar a evitar acidentes com garis


O que são perfurocortantes

Materiais pontiagudos ou que contenham fios de corte capazes de causar perfurações ou cortes, como latas de conservas, lâminas de barbear, cacos de vidro, louças ou cerâmicas, navalhas, aparelhos cirúrgicos, espetos para churrasco, pregos, parafusos, arames, metais, lascas de madeira, agulhas de seringas, escalpes, ampolas.

 

Quem é responsável

Todo usuário de objetos perfurocortantes é responsável pelo descarte adequado.

 


Descarte correto aos perfurocortantes


VIDROS E METAIS

Cacos de vidro, garrafas de bebidas, potes de alimentos, frascos de cosméticos e medicamentos vazios, copos e taças de vidro, latas de metal (com a tampa para dentro), espetos, pregos, parafusos e arames

 

  • Como proteger: embalar em jornais e acondicionar em caixa longa vida ou em embalagem plástica rígida (pote de sorvete ou garrafa pet). Vedar com fita adesiva e identificar presença de vidro

 

  • Destino certo: pontos de entrega voluntária (PEVs) exclusivos para vidro e coleta seletiva da Comcap

 

  • Atenção: vidros planos, como de janelas, espelhos, cristais, utensílios de cerâmica, porcelana, pirex e similares não devem ser encaminhadas à coleta seletiva. Lâmpadas devem ser devolvidas ao fabricante por meio do comércio local.

 

 

RESÍDUOS DE SAÚDE

Agulhas, seringas, escalpes, lancetas, ampolas e outros resíduos

 

  • Como proteger: colocar em garrafa pet lacrada (fazer corte lateral e depois vedar com fita adesiva) e em coletores especiais de papelão para resíduos de saúde

 

  • Destino certo: entregar nos centros de saúde da rede municipal de Florianópolis

 

  • Atenção: se não for mesmo possível levar ao centro de saúde, acondicionar as agulhas em garrafa pet ou embalagem longa vida, vedar com fita adesiva e colocar no saco da coleta convencional. Nunca destinar seringas e agulhas para a coleta seletiva porque causarão danos aos garis e aos triadores de materiais recicláveis.

 

 

 RESÍDUOS ORGÂNICOS


Restos de comida, cascas de ostras e mariscos, cabeça de camarão, espinhas de peixe

 

  • Como proteger: embalar em jornais e acondicionar em garrafas pet (fazer corte lateral e depois vedar com fita adesiva) ou caixas longa vida

 

  • Destino certo: entregar para a coleta convencional da Comcap.



Copyright © 2009-2017 Prefeitura de Florianópolis. Todos os direitos reservados.