Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes

16/05/2011 - Cultura
Workshop propõe criação de cenários e figurinos para filme catarinense
População pode contribuir com o processo de criação do filme, doando rendas, móveis e roupas antigas, acessórios e objetos que possam remeter à história, situada no final do século 19, na antiga Desterro

foto/divulgação: Sandra Alves

Ana, interpretada pela atriz Maria Medeiros, é a personagem central do filme Rendas no Ar

A equipe do filme Rendas no Ar – em fase de pré-produção em Florianópolis – realiza o ‘Workshop Tramas’, a partir desta segunda-feira (16/05), na Casa das Máquinas, na Lagoa da Conceição. A atividade gratuita é dirigida a rendeiras, artistas visuais, figurinistas,  cenógrafos, estudantes e profissionais interessados em conhecer o fazer cinematográfico e contribuir com saberes e práticas para reconstruir aspectos da memória local. O evento tem apoio da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes (FCFFC).

 

Até sexta-feira (20), o espaço da Casa das Máquinas será um ateliê compartilhado no qual os participantes poderão colaborar na produção dos figurinos e cenografia. O ateliê estará aberto para visitação do público, que poderá conhecer detalhes da produção e também contribuir doando peças para a equipe. Serão aceitas rendas, roupas antigas, acessórios, fotografias, móveis e objetos marcados pelo tempo, inclusive com manchas, rasgados ou quebrados que possam remeter à história situada no final do século 19, na antiga Desterro.

 

O Workshop Tramas acontece das 10h às 12h e das 14h às 17h.  A coordenação dos trabalhos está sob responsabilidade de Kabila Aruanda, Renato Bolelli Rebouças e Giselle Peixe, da Usina da Alegria Planetária (São Paulo-SP), que integram a equipe de direção de arte do filme. A produtora desenvolve diversos projetos baseados na reinserção de materiais e recursos, propondo alternativas ao fazer artístico.  

 

Rendas no Ar

 

Rendas no Ar é um longa-metragem de ficção da Vagaluzes Filmes, com direção de Sandra Alves. Ganhador do Edital Catarinense de Cinema 2009, o filme terá figurinos, cenários e objetos de cena produzidos a partir de material reutilizado, doado pela comunidade. A Usina da Alegria Planetária/SP, produtora associada à Vagaluzes para realização do filme, é responsável pelas criações. 

 

A história aborda a necessidade de liberdade inerente ao ser humano. A personagem principal, Ana, cuja personalidade é marcadamente irreverente e indomável, depara-se com a opressão causada pelo confinamento ao qual é submetida por um homem, que passa a ser seu tutor após a morte súbita de seus pais. Herdeira de vultoso patrimônio, ela é interditada e depauperada de seus direitos, em função de sua condição de jovem mulher rica, órfã e supostamente louca, vivendo no final do século 19, na antiga Desterro.

 

Ana vive a sanidade através de sua poesia. Encontra a expressão da liberdade na figura de Lilith, uma personagem etérea com quem dialoga sobre vida e morte, sobre a realidade que a cerca, sobre liberdade, ilusão, verdade, paradoxos, expansão, revolta e ousadia. Nesta relação nutre sua pulsão de vida e a alegria de viver que não permite que lhe roubem.

 

Serviço:

 

O Quê: Workshop Tramas

          (Processo compartilhado de criação de cenografia e figurinos) 

 

Quando: de segunda a sexta-feira (16 a 20/05)

             das 10h às 12h e das 14h às 17h

 

Onde: Casa das Máquinas Espaço de Artes

 

Quanto: gratuito

 

Informações: www.vagaluzesfilmes.com.br

                        http://vagaluzesfilmes.wordpress.com/

                        https://www.facebook.com/RendasnoAr


galeria de imagens