Secretaria Municipal

Saúde



  • Banner: ONDE SER ATENDIDO
  • Banner: Consulta de Exames do Laboratório
  • Banner: Denúncia Vigilância Sanitária
  • Banner: Ouvidoria dos Servidores da SMS
  • Banner: PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO
  • Banner: ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DE FLORIANÓPOLIS
  • Banner: Bem Estar Animal
13/08/2017 - Saúde
Prefeitura lança campanha para adoção de animais

foto/divulgação: SMS

Perfis convidam apaixonados por cães a adotar animais abrigados na Dibea

Quem usa as redes sociais pode começar a receber um convite de amizade inusitado – e que deve arrancar suspiros daqueles que são apaixonados por animais. É que a Prefeitura de Florianópolis está lançando, neste domingo, uma ampla campanha de adoção de animais, que irá abranger TV, rádios, jornais e Facebook. O objetivo é sensibilizar a população, tanto para encontrar um lar para os mais de 100 cães e gatos abrigados na Diretoria de Bem-Estar Animal (Dibea), quanto para conscientizar que o abandono dos patudos é crime previsto por lei.

 

Para a campanha foram criados perfis na rede social que irão contar a história de alguns dos animais que hoje vivem na Dibea. É o caso da Esperança, por exemplo, uma linda “senhorinha” que aguarda há anos por uma casa onde possa conviver com uma família e receber amor e carinho enquanto viver.

 

Na TV, a campanha mostra como os cães e gatos são capazes de mudar a vida das pessoas. A abordagem do vídeo mostra que os patudos são aqueles companheiros que sempre irão gostar de seus tutores e curtir até mesmo os momentos mais simples da vida com seus companheiros. 

 

Dibea

 Todos os animais que chegam à Dibea, vítimas de maus-tratos e situações de risco são desverminados e tratados, microchipados e castrados. Caso estejam em condições, são colocados para adoção. Atualmente há pouco mais de 100 cães e gatos abrigados na diretoria, aguardando uma família para adoção. Em média, cerca de quatro animais são adotados por semana. 

 

Já pelo programa de castração para controle de natalidade, às segundas e sextas-feiras proprietários de animais que têm renda de até dois salários mínimos podem levar seus patudos para a cirurgia. Nos outros três dias da semana, o caminhão da Dibea vai até as comunidades e busca os animais selecionados que precisam de atendimento. Essa triagem é feita a partir de famílias carentes seguindo critérios de renda por voluntários residentes no local.

 

Recentemente, cães e gatos de famílias com até dois salários mínimos de renda voltaram a ter atendimento ambulatorial feito pelos veterinários da Prefeitura na Dibea. O consultório funciona como um centro de saúde para os patudos. O atendimento é das 13h às 17h e ocorre por livre demanda, ou seja, sem agendamento. São feitas consultas, com exceção daquelas que demandam internação, cirurgia de tumores ou ortopédicas.




Copyright © 2009-2017 Prefeitura de Florianópolis. Todos os direitos reservados.