Floripa Se Liga na Rede

home >

O Programa

O Floripa Se Liga Na Rede é um programa da Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF), em parceria com a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), que visa promover a interligação de todos os imóveis (residenciais e comerciais) atendidos por rede pública de esgoto e eliminar as inadequações nas instalações prediais que possam causar prejuízo ao sistema.

 

Atuando de forma conjunta, estratégica, planejada e itinerante, com técnicos da Diretoria de Saneamento, da Vigilância Sanitária, da Fundação Municipal de Meio Ambiente (Floram) e da Casan, o programa faz a inspeção de ligações de esgotamento sanitário e pluviais dos imóveis, além de orientar e oferecer condições para que o cidadão possa se regularizar.

 

Em uma aproximação do poder público com o munícipe, o Programa Floripa Se Liga Na Rede promove ações para sensibilizar a população quanto aos benefícios e a melhora das condições ambientais, sanitárias e da qualidade de vida dos munícipes em decorrência da regularização.

 

Também é atribuição do programa notificar o proprietário do imóvel que apresenta inadequações, oferecendo os devidos prazos legais, e alertar sobre os riscos de multa e ação civil por parte do Ministério Público de Santa Catarina.

 

Lançado em 2013, o Programa Floripa Se Liga Na Rede está em uma segunda fase desde o primeiro semestre de 2018.

 

Objetivos

  1. Proteger os recursos hídricos e prevenir a contaminação do solo e lençol freático.
  2. Divulgar ações para sensibiliazr a população sobre a necessidade e importância da ligação adequada à rede pública de esgoto, salientando benefícios e melhorias para as condições ambientais, sanitárias e da qualidade de vida do município.
  3. Inspecionar imóveis atendidos por rede pública de esgotamento sanitário no município.
  4. Regularizar imóveis que estejam com inadequações nas ligações prediais de esgoto, tais como:
    - Lançamentos de esgoto nas galerias de águas pluviais, cursos d’água, lagoas e praias;
    - Lançamento de águas pluviais e gordura na rede pública de esgotamento sanitário;
    - Não ligado à rede pública de esgoto.
  5. Reduzir o extravasamento de esgoto nas Caixas de Inspeção (CI), Poços de Visita (PV) e Estações Elevatórias de Esgotos (EEE) originado pelo lançamento irregular de águas pluviais, gordura e outros resíduos na rede pública de esgotamento sanitário;
  6. Promover a integração do cadastro da Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF) e Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), abrangendo informações da rede pública de esgotamento sanitário e das ligações dos imóveis.