Órgãos

Superintendência de Pesca, Maricultura e Agricultura



  • Banner: Serviço de Inspeção Municipal (SIM-Fpolis)
  • Banner: Caminhão do Peixe
home >
Produção de Moluscos 2016/2017

 

Levantamento da produção de moluscos bivalves em Florianópolis em 2016/2017

 

A cidade de Florianópolis é conhecida há anos como a capital nacional das ostras, mas como podemos conferir se este título realmente tem fundamento?

 

Uma das ações desenvolvidas pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (EPAGRI), em parceria com a Prefeitura Municipal de Florianópolis, consiste no levantamento dos dados da produção de moluscos bivalves em nosso município, trazendo o perfil dos produtores e a forma na qual estão organizados, além de informações qualitativas e quantitativas sobre a produção local.

 

Os dados coletados demonstram que os nossos produtores estão organizados em 5 associações e 1 cooperativa, totalizando 90 maricultores em atividade na cidade.

 

Em 2016 a produção de moluscos bivalves (mexilhões, ostras e vieiras) em Florianópolis, assim como em todo o estado de Santa Catarina, apresentou redução na produção de ostras e um aumento na produção, tanto de vieiras como de mexilhões, em comparação ao ano de 2015.

 

A produção de ostras em 2016 atingiu a quantia de 1.707.594 (um milhão, setecentos e sete mil e quinhentos e noventa e quatro) dúzias, apresentando uma redução de 480.206 (quatrocentos e oitenta mil e duzentos e seis) dúzias em relação a 2015. A atividade gerou 148 empregos diretos, sendo a localidade do Ribeirão da Ilha considerada como a maior produtora deste molusco do estado e, por consequência, do país.

 

Em relação à produção de mexilhões, houve um acréscimo de 1 (uma) tonelada em relação ao ano anterior, atingindo uma produção de 827 (oitocentos e vinte e sete) toneladas em 2016, com envolvimento direto de 130 pessoas na atividade.

 

No que se refere à produção de vieiras, embora ainda em escala reduzida, Florianópolis detém o título de maior produtor do estado de Santa Catarina, produzindo um total de 64.560 (sessenta e quatro mil e quinhentos e sessenta) unidades, oriundas somente da baía Sul da Ilha e por apenas 3 produtores.

 

Assim, podemos concluir que a atividade da maricultura em Florianópolis se destaca no cenário nacional, configurando como um dos maiores produtores de mexilhões e o maior produtor de ostras e vieiras do Brasil.



Copyright © 2009-2017 Prefeitura de Florianópolis. Todos os direitos reservados.