24/09/2019 - FCFFC - Cultura
Espetáculo teatral leva cotidiano indígena para escolas
A peça “Arandua” é dirigida pelo projeto Contos Guarani nas Escolas

foto/divulgação: divulgação

Teatro

A história da criação contada através da cosmovisão Guarani. A dramaturgia é revelada a partir dos elementos que compõe o cotidiano Guarani. Tudo, objetos, roupas, instrumentos, adornos, animais e natureza, têm uma história e um porque, nada está fora do seu lugar de poder dentro da cultura. Embarque no som do tambor sinta o chamado da natureza.
O espetáculo inicia quando sonhar com um beija-flor sagrado, Djaxuká sai em busca de uma terra não muito longe, lá ela encontra a tchejaryi (anciã), que nos conta as histórias ao redor do fogo e aponta os caminhos de Arandua, a sabedoria ancestral. Reviver as histórias é uma das práticas do nhandereko, o sistema de vida Guarani, que renova e fortalece a cultura através de gerações.
Faixa etária: Livre
Apresentações:

15/10 - Apresentação na Escola Indígena Wherá Tupã Poty Dja, Aldeia Yynn Moroti Wherá – Biguaçu
16/10 - Apresentação na Escola Donicia Maria da Costa - Saco Grande - Florianópolis
17/10 - Apresentação na Escola Virgílio Várzea - Canasvieiras - Florianópolis
21/10 - Apresentação Escola Indígena Taguato, Aldeia Itanhaé (Morro da Palha) - Tijucas