26/03/2024 - SME - Educação
Festival da Canção da Prefeitura da Capital leva o nome de Neide Mariarrosa
Depois de Zininho, a Secretaria de Educação homenageia a cantora manezinha

foto/divulgação: Arquivo SME

1ª edição do Festival Escolar da Canção

 

O Festival Escolar da Canção, da Prefeitura  Municipal de Florianópolis (PMF), está de volta. Na segunda edição do evento, as inscrições poderão ser feitas até 19 de abril, via formulário que será disponibilizado online no site da  PMF e nas redes sociais: @pmfeduca e @festivaldacancaopmf.
   
Com realização da Secretaria Municipal de Educação (SME), haverá três etapas regionais,  sendo a primeira no dia 19 de maio reunindo participantes das regiões do Centro e do Continente no Teatro Menino Jesus. 
 
As demais etapas ocorrerão no dia 2 de junho , com concorrentes  do Leste e Sul da Ilha, na Associação dos Funcionários Estaduais da Saúde de Santa Catarina (Afessc), no Campeche, e no dia 16 do mesmo mês no Teatro Dionísio, em Ingleses, para os participantes do Norte da Ilha. A final está marcada para 30 de junho no Centro de Cultura e Eventos da Ufsc. 
 
Conforme a secretária de Educação, o festival tem como principais artistas e cantores os próprios estudantes e profissionais da rede municipal de ensino.  “Almejamos  revelar as vozes e talentos em nossas unidades educativas”, diz Fabricia Luiz Souza.
 
“No festival, não há restrições em relação aos gêneros musicais escolhidos.  Incentivamos  a diversidade e a expressão individual dos participantes”, complementa. 
 
No ano passado o homenageado foi o poeta Zininho, autor do Rancho do Amor à Ilha. Dessa vez o festival leva o nome de Neide Mariarrosa, que foi uma das principais cantoras de Santa Catarina.
 

TEM NOVIDADE

 
Poderão participar do festival todas as crianças a partir de  5 anos de idade  matriculadas na educação infantil, bem como os estudantes do 1° ao 9° ano do ensino fundamental e  a Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJA).
Além disso, serão aceitas inscrições dos estudantes do Bairro Educador e das unidades conveniadas com a Secretaria Municipal de Educação. 
 
A novidade é a inclusão da categoria “Profissionais da Educação”, que reunirá quem atua nas mais diversas áreas da rede de ensino  e das conveniadas. 
 

CATEGORIAS

 
- Pichuco/a - poderão se inscrever estudantes que estejam matriculados do G6 ao 2º ano do ensino fundamental 
- Pimpolho/a -poderão se inscrever estudantes que estejam matriculados do 3º ao 5º ano do ensino fundamental
 -Juvenil - poderão se inscrever estudantes que estejam matriculados do 6º ao 9º ano do ensino fundamental 
-Veterano/a - poderão se inscrever estudantes que estejam matriculados na EJA 
 -Profissionais – poderão se inscrever  profissionais da educação dos Neims, escolas básicas, EJA, Bairro Educador, conveniadas e do órgão central.

PERFIL DE NEIDE 

 
Florianopolitana, Neide nasceu em 11 de abril de 1936, começando  sua carreira no rádio, aos 13 anos de idade, como cantora. 
 
A partir de um concurso que venceu, começou a trabalhar na Rádio Guarujá e em seguida  na Rádio Diário da Manhã, onde era cantora, radioatriz e locutora, nas décadas de 1950 e 1960. 
 
Neide Mariarrosa teve seu talento reconhecido por Elizeth Cardoso, cantora de renome e sucesso nacional, que, após conhecer Neide durante a passagem para um show em Florianópolis, em 1962, convenceu a catarinense a ir tentar a carreira no Rio de Janeiro. 
 
Em 1963, a bordo de um Ford 51 guiado pelo amigo Claudio Alvim Barbosa, o Zininho, partiu para a considerada Cidade Maravilhosa. 
 
Na capital fluminense, Neide gravou seu primeiro compacto e morou na casa de Elizeth Cardoso entre 1964 e 1970, quando teve a oportunidade de conhecer grandes nomes da música como Baden Powell, Elis Regina e Jacob do Bandolim. 
 
Apesar de todo o sucesso em shows e festivais, em 1970, Neide voltou para Florianópolis. O que era para ser apenas uma visita de Natal à família, transformou-se em um retorno definitivo à cidade. 
 
Sobre essa volta, as opiniões de parentes e amigos são diversas. Há quem diga que Neide teve um grande desgosto no Rio de Janeiro e por isso resolveu voltar, há quem diga que foi saudade.  Faleceu aos 58 anos, no dia 4 de setembro de 1994, em Florianópolis.

 


galeria de imagens