05/04/2021 - COMCAP - Meio Ambiente
Minhoca na Cabeça abre 400 novas vagas para adoção de minhocários
Com capacitação em oficina teórica e prática, Prefeitura de Florianópolis entrega kit para morador reciclar resíduos orgânicos na própria casa

foto/divulgação: Gregory Galant/Núcleo Criação PMF

Minhoca na Cabeça projeto de compostagem doméstica em Floripa

Secretaria Municipal do Meio Ambiente abre 400 vagas para adoção de minhocário em Florianópolis. As inscrições serão feitas em três fases. O inscrito participará de oficina em duas etapas. Uma etapa teórica online com duração máxima de uma hora e meia e depois, uma prática, de no máximo 30 minutos, no Jardim Botânico de Florianópolis, para montagem e retirada do kit de caixas, composto e minhocas californianas.

 

CLIQUE AQUI para fazer a inscrição.

 

5 a 9 de abril – inscrições para 130 vagas nas oficinas de 17 (sábado) e 20 (terça) de abril

26 a 30 de abril – inscrições para 140 vagas nas oficinas de 11 (terça) e 15 (sábado) de maio

31 de maio a 4 de junho – inscrições para 130 vagas nas oficinas de 12 (sábado) e 15 (terça) de junho.

 

_Inscrições abertas apenas durante o período estipulado ou até atingir o limite de inscritos, não haverá lista de espera. Após o período, será enviado e-mail efetivando a inscrição e informando o link de participação._

 

Ação faz parte do projeto de valorização de resíduos orgânicos da Prefeitura de Florianópolis com recursos do Fundo Socioambiental Caixa e Fundo Nacional do Meio Ambiente/MMA.

 

Terceira etapa com apoio federal

 

Essa terceira etapa do projeto Minhoca na Cabeça faz parte do projeto de valorização de resíduos orgânicos desenvolvido pela Prefeitura de Florianópolis com recursos do Fundo Socioambiental Caixa e Fundo Nacional do Meio Ambiente do Ministério do Meio Ambiente. A ação incentiva a reciclagem doméstica do resíduo orgânico com a doação de minhocários para moradores de Florianópolis. Para ganhar o kit, é preciso inscrever-se e participar de oficina de capacitação.

 

O minhocário pode ser manejado em casa ou apartamento. Sua operação é fácil, mas requer dedicação. Basta separar os resíduos orgânicos e ter um pouco de matéria seca como folhas ou serragem. Aí, é só ir montando camadas dentro da caixa para alimentar as minhocas e outros microorganismos do bem que vão transformar esse material em húmus e biofertilizante líquido para hortas e jardins.

 

As oficinas foram remodeladas de modo que a parte teórica seja remota e online e a parte prática abreviada para a entrega do kit de vermicostagem (caixas, composto e minhocas). 

 

Mais de 100 toneladas desviadas do aterro 

 

Com a entrega destes 400 kits, aponta o secretário de Meio Ambiente, Fábio Braga, a Prefeitura de Florianópolis terá distribuído 1,1 mil kits de compostagem doméstica. Em 2020, os donos dos 700 minhocários já entregues pela PMF deixaram de mandar para o aterro sanitário mais de 103 toneladas de resíduos orgânicos.

 

Com os demais serviços de coleta seletiva e entrega voluntária realizados pela Comcap, 5 mil toneladas de resíduos orgânicos foram recuperados em 2020. Isso permitiu reduzir a emissão de gases poluentes em 36 mil toneladas de dióxido de carbono (CO²) equivalente durante o ano. “A reciclagem é um hábito de fácil mudança, mas de grande impacto sobre o clima. Podemos ajudar a manter a vida no planeta de dentro de casa”, aconselha Fábio Braga.

 

CLIQUE AQUI para acessar e-book do projeto Minhoca na Cabeça


galeria de imagens