15/02/2010 - SETUR - Turismo
Copa Lord é campeã do Carnaval 2010
União da Ilha da Magia e Protegidos da Princesa retornam à Passarela Nego Quirido, empatadas como vice-campeãs do Carnaval

foto/divulgação: Viviane Ferreira

A Copa Lord conquistou o título de campeã do Carnaval de Florianópolis em 2010. A apuração das notas aconteceu nesta segunda-feira (15/02), na Passarela Nego Quirido, dando a vitória à agremiação do Mont Serrat , ou Morro da Caixa, com 263,6 pontos no cômputo geral. União da Ilha da Magia e Protegidos da Princesa empataram na segunda colocação, com 261,2 pontos. As três agremiações retornam ao sambódromo na terça-feira (16/02), para o Desfile das Campeãs. Os portões abrem às 18h e a programação inicia às 19h com várias atrações.

 

Na segunda participação no desfile oficial das escolas de samba, a União da Ilha da Magia subiu três posições em relação à classificação do ano passado, sagrando-se vice-campeã, com 261,2 pontos, junto com a Protegidos da Princesa, a mais antiga escola de samba de Florianópolis. Com esse resultado, a Unidos da Coloninha, que teve um carro quebrado ainda na concentração, fica na terceira colocação. Mesmo prejudicada nos quesitos harmonia, alegoria e adereços, enredo, e evolução, a agremiação conseguiu 260,6 pontos, ficando à frente da Consulado, última colocada na avaliação dos 27 jurados, com 256,6 pontos no cômputo geral.  

 

Paralelamente à apuração dos votos nos quesitos oficiais de julgamento, as escolas de samba foram avaliadas pela imprensa no Concurso Cidadã e Cidadão Samba de Florianópolis e por jurados do Concurso Tamborim de Ouro, promovido pela diretoria da Festa do Berbigão do Boca. Lissá Costa e Léo Cunha, da Unidos da Coloninha, foram eleitos os melhores passistas da cidade, enquanto a bateria Furiosa, da Protegidos da Princesa, conquistou o tricampeonato com a ala de tamborins, eleita novamente a melhor na passarela.

 

Nesta terça-feira, a festa das campeãs inicia cedo, às 18h, com entrada gratuita. A programação começa com o desfile da escola de samba mirim Mensageiros da Alegria, às 19, seguida pela apresentação das grandes sociedades Granadeiros da Ilha e Tenentes do Diabo. Às 20h45, entra na passarela o bloco A Nossa Turma, bicampeão do Carnaval 2010, e depois acontece o desfile da Corte de Momo, além da entrega da faixa ao casal vencedor do Concurso Cidadã e Cidadão Samba 2010 e da premiação das escolas de samba vencedoras. O desfile da União da Ilha da Magia na Nego Quirido inicia às 22h, seguida da Protegidos da Princesa, às 23h. A campeã do Carnaval da Alegria  2010, Copa Lord, encerra a programação, desfilando às 24h.

 

Novidades no desfile

 

Este ano, a Liga das Escolas de Samba de Florianópolis (Liesf) adotou o tempo máximo de 75 minutos para o desfile das agremiações, em caráter de experiência, mas permitiu que as entidades tivessem cinco minutos de tolerância sem aplicação de penalidades, cumrindo o percurso no mesmo prazo válido em 2009 , ou seja, 80 minutos. Das cinco escolas de samba, apenas a Protegidos da Princesa e a Unidos da Coloninha extrapolaram o prazo experimental, mas ficaram dentro do tempo regulamentar.

 

Desfilando com quatro carros alegóricos e 2.417 componentes, distribuídos em 25 alas, a campeã Copa Lord percorreu a pista de desfile em 73 minutos, apresentando o enredo “Marrakech... o Fantástico Mundo Mágico na Terra do Sol Poente”. Além do troféu de campeã, a escola de samba vai receber premiação nos quesitos harmonia e enredo, onde obteve maior pontuação em relação às  adversárias de desfile.

 

Já a vice-campeã, Protegidos da Princesa levou para a Passarela Nego Quirido quatro carros alegóricos e 2.942 integrantes. Com 24 alas, a escola de samba apresentou o enredo “Um grito em favor da vida, energia renovável é a terra preservada”, encerrando o desfile no tempo de 79 minutos. Na pontuação geral, a agremiação do Morro do Mocotó foi a única a tirar três notas máximas no item bateria, entre todos os quesitos disputados. A escola de samba receberá o troféu de vice-campeã e também a premiação pela melhor pontuação nos quesitos bateria e alegoria e adereços.

 

A agremiação da Lagoa da Conceição, que empatou na segunda posição na classificação final, apresentou o enredo “A magia dos Deuses”. Com cinco carros alegóricos e 25 alas, a União da Ilha da Magia cruzou a Passarela Nego Quirido com 2.830 componentes em 74 minutos, ao som da bateria Tribuzana do Ritmo. A UIM também vai receber o troféu de vice-campeã e ainda a premiação pelo bom desempenho nos quesitos samba-enredo e evolução, que obtiveram a maior soma de pontos na classificação geral.

 

Com previsão de desfilar com quatro carros alegóricos, a Unidos da Coloninha teve problemas numa das alegorias, que acabou nem saindo na concentração. A escola de samba do continente entrou na passarela com 2.248 componentes, distribuídos em 24 alas e encerrou o desfile em 77 minutos, apresentando o enredo “África: do berço do mundo ao grande cenário do futebol!”, ficando em terceiro lugar. A Coloninha vai receber premiação pela maior pontuação nos quesitos fantasia, comissão de frente e mestre-sala e porta-bandeira.

 

Quinta colocada em 2010, a Consulado trouxe para a passarela Nego Quirido cinco carros alegóricos e 25 alas para contar o enredo “Guerreiros Vermelhos – Heróis a Serviço da Vida”, uma homenagem ao Corpo de Bombeiros. A agremiação da Caeira do Saco dos Limões foi a que levou o maior número de componentes, 3.050, encerrando a apresentação em apenas 73 minutos. A Consulado não se sobressaiu em nenhum quesito e, portanto, está fora da premiação nessa categoria, situação que não ocorria há mais de uma década.