24/10/2018 - IGEOF - Oportunidade
Prefeitura oferece cerca de 300 vagas em cursos gratuitos

foto/divulgação: PMF

300 vagas em cursos gratuitos

A Prefeitura de Florianópolis, por meio do Instituto de Geração de Oportunidades (IGEOF), oferece cerca de 300 vagas em diversos cursos de capacitação para a população. Tanto estudantes como profissionais já formados podem participar.

 

“Nosso objetivo é oferecer capacitação para quem deseja ingressar no mercado de trabalho mais preparado, para quem já trabalha e busca atualização em sua área e também para quem está em busca de uma nova oportunidade”, explica o Superintendente do IGEOF, Guilherme Pontes.

 

As oportunidades disponíveis são para os interessados em: Pesca profissional, Rotinas Administrativas, Cuidador infantil, Motorista profissional, Marketing Digital, Oratória e Mídias Sociais. As vagas podem ser acessadas pelo link bit.ly/igeofcursos Basta assinalar a vaga de interesse, preencher o formulário da pré-inscrição e aguardar confirmação via email.

 

Não há limite de participação. Mesmo tendo participado em outras edições, os candidatos podem continuar aplicando para outras vagas. Também não é obrigatório residir no município. Moradores de toda Grande Florianópolis também são aceitos. Além dos cursos, o Igeof promove palestras e oficinas, também gratuitas. Mais informações podem ser encontradas nos links bit.ly/igeofpalestras e bit.ly/igeofoficinas.

 

Oportunidades para imigrantes e pessoas em situação de rua

 

Para atender as necessidades dos imigrantes e pessoas em situação de rua, a Prefeitura lançou no último mês, o Projeto Inclui Floripa em parceria com o CIEE e Centro de Referência do Imigrante, que possibilita a entrada no mercado de trabalho por meio de oficinas profissionalizantes e encaminhamento de currículos.

 

Em novembro, a Prefeitura lança editais de cinco feiras por meio do Programa Emprega Floripa: a Feira Culinária do Imigrante, onde, mensalmente, as comidas típicas dos seus países poderão ser comercializadas; a Feira Coisas da Rua, onde as pessoas em situação de rua poderão vender itens de artesanato produzidos por eles mesmos; e as Feiras das Oportunidades, Economia Solidária, Emprego e Renda, que visam gerar mais emprego e renda para a população em geral.