Floripa Se Liga na Rede

21/11/2018 - Se Liga na Rede
Fiscalização na Lagoa das Docas aponta irregularidade no esgoto de 11 imóveis
Ação da PMF e Casan focou em imóveis nas proximidades da Lagoa das Docas, em Ponta das Canas

foto/divulgação: Marcone Tavella

Equipe trabalhou ao longo da Avenida Luiz

Em três dias de fiscalização em Ponta das Canas, no Norte da Ilha, a Blitz Se Liga Na Rede fiscalizou 14 imóveis e autuou 10 deles por irregularidades na rede de esgoto. A ação promovida pela Prefeitura Municipal de Florianópolis e a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) atendeu denúncias encaminhadas pelo Ministério Público Federal (MPF), com foco em descobrir as causas de poluição da Lagoa das Docas.

Somente nesta quarta-feira, dia 21, seis imóveis da Avenida Luiz Boateux Piazza foram visitados pelos fiscais da Vigilância em Saúde, Floram e equipe técnica do Programa Floripa Se Liga Na Rede, sendo que apenas dois estavam regulares. Um destes imóveis que apresentou a ligação correta foi uma pousada que havia sido fiscalizado por quatro vezes entre 2015 e 2018, apresentando problemas envolvendo desde caixa de gordura até a não conexão à rede.

O mesmo não pode ser observado em uma residência que divide espaço com um lavacar desativado. Alvo de fiscalização nos últimos quatro anos, o lugar apresentou fossa ativa, sem conexão do esgoto à rede, além de inadequações na caixa de gordura. O responsável pelo imóvel foi autuado pela Vigilância em Saúde para se regularizar.

Outro caso relevante envolveu um residencial, que possuía ligação dos equipamentos de captação de água da chuva no esgoto. Além desta correção, o proprietário foi intimado a desobstruir ralo de chuveiro externo, ligando-o à rede pluvial, e cessar a conexão da pia e chuveiro de um dos apartamentos à caixa de gordura. Segundo os fiscais, o imóvel também já havia sido fiscalizado anteriormente.

Os demais autos de intimação emitidos pela Vigilância em Saúde foram entregues ao proprietário de uma residência que estava parcialmente conectada à rede (com fossa ativa) e o responsável por um condomínio que estava com a caixa de gordura inadequada e sem manutenção.

Denunciado por moradores, o Camping do Sindipres foi fiscalizado na manhã desta quarta-feira, dia 21. Ao final da vistoria, os fiscais constataram que o lote estava regular, conectado adequadamente à rede coletora de esgoto.

Em seis semanas da ação que busca combater crimes ligados ao lançamento inadequado de esgoto, foram fiscalizados um shopping, dois hotéis, duas pousada, um posto de combustível, um espaço de camping, 30 condomínios, nove residências e doze estabelecimentos comerciais, incluindo restaurantes. Dos 58 imóveis visitados, sete estavam em situação regular no ato da fiscalização e pelo menos dois buscaram se adequar e já receberam a liberação da Vigilância em Saúde. Os demais tiveram processo administrativo aberto no órgão sanitário e/ou Floram.

Os imóveis fiscalizados na Blitz Se Liga Na Rede são escolhidos conforme histórico de denúncias e irregularidades contidos no banco de dados dos órgãos sanitário e ambiental e Casan.