Floripa Se Liga na Rede

18/03/2020 - Se Liga na Rede
Programas Floripa Se Liga Na Rede e Trato Pelo Capivari suspendem inspeções
Ações da Blitz Sanear também são interrompidas; força-tarefa atuou, nesta semana, no Sul da Ilha

foto/divulgação: Diego Berselli/Floripa Se Liga Na Rede

Floripa Se Liga Na Rede, Trato Pelo Capivari e Blitz Sanear: atividades suspensas

Diante da epidemia de coronavírus e do estado de emergência decretado em Santa Catarina, os programas Floripa Se Liga Na Rede e Trato Pelo Capivari suspenderam as inspeções sanitárias agendadas no Centro, Ponta das Canas, Canasvieiras (Floripa Se Liga Na Rede) e Ingleses (Trato Pelo Capivari) e demais atividades de campo por período de no mínimo 7 dias.


Os moradores e proprietários que agendaram inspeções para os próximos dias estão sendo comunicados sobre o cancelamento e informados de que, tão logo os programas retomem suas atividades, serão contactados novamente para o reagendamento.


Como medida de precaução, os serviços administrativos e de comunicação também sofreram alterações. O escritório de atendimento à população do Floripa Se Liga Na Rede, na Rua Esteves Júnior, n. 50, sala 605 (Top Tower), Centro, estará fechado no período, com o telefone (48) 3307-1223 indisponível. O mesmo vale para a sede do Trato Pelo Capivari, localizada na Rua Caminho do Sol, 142, Ingleses.


Para entrar em contato com as equipes de cada programa, o morador deverá fazê-lo por mensagem de WhatsApp para os números (48) 98821-6499 (Se Liga Na Rede) e (48) 99123-1223 (Trato Pelo Capivari).


A retomada das atividades será devidamente informada nos canais oficiais.


No início da semana, antes da suspensão das inspeções, ações do Trato Pelo Capivari -- programa da Casan realizado em parceria com a Prefeitura de Florianópolis -- resultaram em 8 lacres e 2 multas por crime ambiental, emitidas por fiscal da Floram, contra imóveis dos Ingleses que apresentavam esgoto conectado na rede de drenagem pluvial e extravasamento de fossa.

 

Blitz Sanear 

 

As ações de fiscalização da Blitz Sanear -- grupo formado por fiscais e técnicos da Vigilância em Saúde, Floram, Casan, Secretaria de Infraestrutura e ECHOA Engenharia, empresa responsável pelos programas Floripa Se Liga Na Rede e Trato Pelo Capivari -- também foram temporariamente suspensas. 

 

A força-tarefa da Prefeitura de Florianópolis e da Casan chegou a atuar por dois dias, nesta semana, no Ribeirão da Ilha, bairro do Sul da Ilha. A ação resultou em 7 multas por crime ambiental, incluindo em comércio e condomínio de 9 apartamentos na Rodovia Baldicero Filomeno, e 2 lacres.