Secretaria Municipal de Assistência Social

home > serviços
mais acessados
Abaixo estão listados os 10 serviços e documentos mais acessados. Clique no botão para obter mais informações a respeito.

LA/PSC: Serviço de Proteção Social a Adolescentes em Cumprimento de Medida Socioeducativa de Liberdade Assistida (LA) e de Prestação de Serviço à Comunidade (PSC) (10076)

O Serviço tem por finalidade prover atenção socioassistencial e acompanhamento a adolescentes e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto, determinadas judicialmente. Constitui-se em trabalho de orientação, apoio e supervisão visando promover socialmente o adolescente e sua família, inserindo-os se necessário, em programas socioassistenciais governamentais e não governamentais; engloba também a supervisão da freqüência e aproveitamento escolar do adolescente, promovendo, inclusive, sua matrícula; objetiva também o encaminhamento no sentido da profissionalização do adolescente e de sua inserção no mercado de trabalho.

Usuários: Adolescentes de 12 a 18 anos incompletos, ou jovens de 18 a 21 anos, em cumprimento de medida socioeducativa, em meio aberto, de Liberdade Assistida e Prestação de Serviços à Comunidade.

Formas de Acesso: Encaminhamento da Vara da Infância e Juventude

Endereço: Rua Rui Barbosa, nº 677 – Agronômica – Florianópolis - SC

Telefone: (48) 3216-5218    (48) 3216-5256    (48) 3216-5217

Horário de Funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 08:00 às 19:00 horas

CREAS: Centro de Referência Especializado de Assistência Social (10063)

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social - CREAS, integra o Sistema Único de Assistência Social - SUAS, constitui-se numa unidade pública, responsável pela oferta de atenções especializadas de apoio, orientação e acompanhamento a indivíduos e famílias com um ou mais de seus membros em situação de ameaça ou violação de direitos.

Atualmente, o município de Florianópolis conta com duas unidades CREAS:

  • CREAS/Ilha: Rua Rui Barbosa, nº 677 – Bairro Agronômica
  • CREAS/Continente: Rua Arnaldo Cândido Raulino, nº 183 - Bairro Estreito


Serviços vinculados:

PAEFI
: Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos


LA/PSC: Serviço de Proteção Social a Adolescentes em Cumprimento de Medida Socioeducativa de Liberdade Assistida (LA) e de Prestação de Serviço à Comunidade (PSC)

SEPREDI: Serviço de Proteção Especial para Pessoas com Deficiência, Idosas e suas Famílias 

Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência - CREMV (10060)

O Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência é um equipamento essencial do programa de prevenção e enfrentamento à violência contra a mulher, oferecendo espaço de acolhimento e atendimento social, psicológico e orientação jurídica individual ou em grupo, visando promover a ruptura da situação de violência. Tem como pressupostos básicos os seguintes princípios norteadores:

  • A violência contra a mulher é uma violência dos direitos humanos e se expressa de diferentes formas: violência doméstica, violência sexual, tráfico de mulheres, assédio sexual entre outras.

 

  • A violência contra as mulheres se funda nas desigualdades sociais (em especial a de gênero) que estruturam a sociedade. Para garantir a equidade de gênero, os preconceitos, atitudes e padrões comportamentais na sociedade que perpetuam a violência contra as mulheres devem ser eliminados.


Usuários: Mulheres em situação de violência e seus familiares.

Formas de Acesso: Procura espontânea e por encaminhamento da rede socioassistêncial do município de Florianópolis/SC.

Endereço: Rua: Delminda da Silveira s/nº- Fundos da Promenor e ao lado da 6ª Delegacia de Polícia da Capital- Bairro: Agronômica – Florianópolis/SC.

Telefone: 3224-7373 e 3224-6605

Email: cremvfloripa@gmail.com

Horário de Funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 08 às 19 horas.

 

 

Casa de Acolhimento de Crianças e Adolescentes II - Abrigo de Coqueiros (10058)

Serviço de acolhimento provisório de crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social, cujas famílias ou responsáveis encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção.   As atividades ofertadas se fundamentam no atendimento integral à Criança e ao Adolescente, numa dinâmica que se aproxime ao máximo do ambiente doméstico, familiar e comunitário, estando assim o serviço responsável pelo bem estar biopsicossocial da criança e do adolescente acolhido até que seja possível o retorno à família de origem ou colocação em família substituta. Atendimento em unidade institucional semelhante a uma residência. Capacidade de atendimento de 10 vagas.


Usuários: Crianças e adolescentes do sexo feminino de 07 a 18 anos incompletos.

Objetivos: A Casa de Acolhimento tem como objetivo acolher em um prazo máximo de 30 dias (prorrogável por igual período), crianças e adolescentes de 07 a 18 anos incompletos oriundos do município de Florianópolis, de ambos os sexos, em situação de risco com necessidade de afastamento de sua família de origem, como forma a garantir o seu bem estar biopsicossocial (Estatuto da Criança e do Adolescente/ECA - Art. 98)

Condições e Formas de Acesso: Os encaminhamentos para acolhimento neste serviço deverão ser efetuados somente pelos Conselhos Tutelares do Município, Juizado da Infância e da Juventude da Comarca de Florianópolis ou Ministério Público.

Período de Funcionamento: Ininterrupto (24 horas).

Programa de Integração Social (10058)

Organiza e realiza eventos, com o intuito de promover atividades de lazer, educativas e culturais, fortalecendo vínculos culturais e sociais, melhorando a qualidade de vida dos participantes. Os Eventos são realizados em datas comemorativas, conforme calendário previamente organizado.

 

Condições e Formas de Acesso: Entrar em contato com a Secretaria Municipal de Assistência Social, segunda a sexta-feira, das 13:00 às 19:00hs.

Avenida Mauro Ramos, nº1277- Centro- Florianópolis. Fone: (48)32516201/3251-6217.

- Acima de 60 anos.

Setor de Benefícios Socioassistenciais (10058)

Proporcionar às famílias em situação de vulnerabilidade e risco social, residentes em Florianópolis, o acesso a benefícios e serviços básicos de assistência social. Benefícios: cesta básica, vale transporte, calamidade pública e situação de emergência – Esses benefícios são solicitados via CRAS ou via demanda espontânea e encaminhamento pela rede socioassistencial e psicossocial. Auxílio natalidade e auxílio funeral – Dirigir-se à Secretaria Municipal de Assistência Social.

 

Condições e formas de acesso: Dirigir-se à Secretaria Municipal de Assistência Social das 8:00 às 18:00.

Famílias em situação de vulnerabilidade social.

Arcipreste Paiva, 107, 9º andar Centro, Florianópolis. Fone: (48) 3213-5586.  E-mail: gabinete.semas@pmf.sc.gov.br

Casa de Acolhimento de Crianças e Adolescente I – Jardim Atlântico. (10058)

Serviço de acolhimento provisório de crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social, cujas famílias ou responsáveis encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção.   As atividades ofertadas se fundamentam no atendimento integral à Criança e ao Adolescente, numa dinâmica que se aproxime ao máximo do ambiente doméstico, familiar e comunitário, estando assim o serviço responsável pelo bem estar biopsicossocial da criança e do adolescente acolhido até que seja possível o retorno à família de origem ou colocação em família substituta. Atendimento em unidade institucional semelhante a uma residência. Capacidade de atendimento de 10 vagas.

Usuários:
 Crianças e adolescentes do sexo masculino  07 a 18 anos incompletos.

Objetivos: A Casa de Acolhimento tem como objetivo acolher em um prazo máximo de 30 dias (prorrogável por igual período), crianças e adolescentes de 07 a 18 anos incompletos oriundos do município de Florianópolis, de ambos os sexos, em situação de risco com necessidade de afastamento de sua família de origem, como forma a garantir o seu bem estar biopsicossocial (Estatuto da Criança e do Adolescente/ECA - Art. 98)

Condições e Formas de Acesso: Os encaminhamentos para acolhimento neste serviço deverão ser efetuados somente pelos Conselhos Tutelares do Município, Juizado da Infância e da Juventude da Comarca de Florianópolis ou Ministério Público.

Período de Funcionamento: Ininterrupto (24 horas).

Contatos dos Conselhos Tutelares de Florianópolis:

 

  • Conselho Tutelar Região Insular - Rua Júlio Moura, 84, Centro, Florianópolis - SC, 88010-090.  E-mail: conselhotutelar@pmf.sc.gov.br
  • Conselho Tutelar Região Norte - Rodovia SC 401, km 18, Condomínio Brasil, Florianópolis - SC, Telefones: (48) 3266-0243 / (48) 99935-9248.  E-mail: ctnorte@pmf.sc.gov.br
  • Conselho Tutelar Continente- Rua João Vieira, 59 Estreito, Florianópolis/SC Telefones: 32445691

Serviçoo de Orientação e Acompanhamento ao Adolescente em Cumprimento de Medida Socioeducativa de Liberdade Assistida e Prestação de Serviços à Comunidade (10057)

Serviço de orientação, apoio e supervisão visando promover socialmente o adolescente e sua família, inserindo-os se necessário, em programa oficial ou comunitário de auxílio e assistência social; Supervisão de freqüência e aproveitamento escolar do adolescente, promovendo, inclusive, sua matrícula; acompanhamento e encaminhamento no sentido da profissionalização do adolescente e de sua inserção no mercado de trabalho; O serviço é constituído pela execução das medidas de PSC - Prestação de Serviços a Comunidade - e LA - Liberdade Assistida.

Condições e Formas de Acesso: Encaminhamento da Justiça da Infância e da Juventude, de acordo com a homologação da medida sócio educativa de LA ou de PSC pela autoridade judicial.

Adolescentes que cometeram ato infracional e após se apresentarem em audiência junto a Justiça da Infância e da Juventude de Florianópolis, lhes forem aplicada medida sócio educativa de Liberdade Assistida e/ou Prestação de Serviços a Comunidade.

Avenida Rui Barbosa, nº 677 - Agronômica.

Período de Funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 8:00 às 12:00 horas e das 13:00 às 18:00 horas. Fone: 3216-5218 / 3216-5219 / 3216-5224

Unidade de Acolhimento Institucional para Homens em Situação de Rua I - Casa de Apoio Social ao Morador de Rua (10057)

Descrição conforme Tipificação: Serviço de acolhimento provisório com estrutura para acolher com privacidade pessoas do mesmo sexo ou grupo familiar. É previsto para pessoas em situação de rua e desabrigo por abandono, migração e ausência de residência ou pessoas em trânsito e sem condições de auto-sustento. O oferecimento deste serviço proporciona ao usuário o acolhimento no que refere aos cuidados básicos de higiene pessoal, alimentação, pernoite, acompanhamento especializado a condição muitas vezes debilitada pela ausência de saúde física/emocional, associada ao uso/abuso de álcool e outras drogas e a sua condição geral de vida na rua. Atendimento em unidade institucional semelhante a uma residência.

 
Usuários: Indivíduos acima de 18 anos, do sexo masculino, em situação de rua, na maioria dependentes químicos, com estreita ou nenhuma relação com o mercado de trabalho, com dificuldades de acesso a rede socioassistencial e aos demais órgãos do Sistema de Garantia de Direitos. 30 vagas.


Objetivos:

- Contribuir para o restabelecimento dos vínculos familiares e sociais prejudicados e/ou rompidos;

- Promover o acesso à rede socioassistencial, aos demais órgãos do Sistema de Garantia de Direitos e às demais políticas públicas;

- Possibilitar ao usuário condições para retomar sua autonomia através da inclusão social e produtiva alcançando sua independência financeira;

- Propiciar o fortalecimento de auto-estima e auto-cuidado;

- Diminuir a reincidência de pessoas em situação de rua e a exposição à violência.

Condições e Forma de Acesso: Por encaminhamento do Centro POP/Abordagem de Rua. (Atendimento na Rua General Bittencourt – Nº 239 - Centro – Florianópolis – SC - Cep: 88020-100 - Telefone: 3333-2113)

Período de Funcionamento: Ininterrupto (24 horas).

Serviço de Proteção e Atendimento Integral à  Família/PAIF (Obrigatóriamente ofertado no Centro de Referência de Assistência Social/CRAS) (10056)

 

Trabalho social com famílias, de caráter continuado, com a finalidade de fortalecer a função protetiva das famílias, prevenir a ruptura dos seus vínculos, promover seu acesso e usufruto de direitos e contribuir na melhoria de sua qualidade de vida. Prevê o desenvolvimento de potencialidades e aquisições das famílias e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, por meio de ações de caráter preventivo, protetivo e proativo.

 

Usuários: Famílias em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, do precário ou nulo acesso aos serviços públicos, da fragilização de vínculos de pertencimento e sociabilidade e/ou qualquer outra situação de vulnerabilidade e risco social residentes nos territórios de abrangência dos CRAS, em especial:

- Famílias beneficiárias de programas de transferência de renda e benefícios assistenciais;

- Famílias que atendem os critérios de elegibilidade a tais programas ou benefícios, mas que ainda não foram contempladas;

- Famílias em situação de vulnerabilidade em decorrência de dificuldades vivenciadas por algum de seus membros;

- Pessoas com deficiência e/ou pessoas idosas que vivenciam situações de vulnerabilidade e risco social.


Condições e Formas de Acesso: Procura espontânea; encaminhamento da rede socioassistencial; encaminhamento das demais políticas públicas e busca ativa.

 

Período de Funcionamento: Segunda à sexta-feira, das 08:00 às 12:00 horas e das 13:00 às 17:00 horas.

 

CRAS CENTRO I

Rua Professora Maria Julia Franco, 281 José Mendes

Fone: 3222-0148
crascentral.floripa@gmail.com

 

CRAS CENTRO II (Trindade)

Rua Professora Enoé Scutel, 238 – Trindade

Fone: 3338-1076
crascentro2@gmail.com

 

CRAS CONTINENTE I  (Estreito)

Rua Arnoldo Cândido Raulino, 183 - Estreito

Fone: 3348-3150

 

CRAS CONTINENTE II (Capoeiras)

Rua Santos Saraiva, 2011 - Capoeiras

Fone: 3348-6237 ou 3240-1562
crascontinente2@gmail.com

 

CRAS CONTINENTE  III (Abraão)

Rua José Joaquim de Santana, 66 – Abraão

Fone: 3348-0896

 

CRAS CONTINENTE  IV (Jardim Atlântico)

Rua Elesbão Pinto da Luz, 169 – Jardim Atlântico

Fone: 3244-0683 ou 3348-3150
crascontinente1@gmail.com

 

CRAS NORTE I                   ( Canasvieiras)

Rod. SC 401, Km 18 - 17500 - Canasvieiras

Fone: 3369-0840
crasnortepaif@gmail.com

 

CRAS NORTE  II

(Ingleses)

Rua José Gualberto Soares, 371, Sala 01 - Ingleses

Fone: 3369-1302
crasnorte2@gmail.com

 

CRAS NORTE  III 

(Saco Grande)

Rua Brejauba, 61 - Monte Verde -

Fone: 3338-2610
crasnorte3@gmail.com

 

CRAS SUL I

(Saco dos Limões)

Rua José Lacerda, 1025 - Costeira do Pirajubaé 

Fone: 3222-9165
crassulfloripa@gmail.com

 

CRAS SUL II

(Tapera)

Rua José Olímpio da Silva, 280 - Tapera 

Fone 3338-1042
crassul2@gmail.com

 

CRAS SUL III (Fazenda do Rio Tavares)

Servidão Osvaldo Joaquim Antunes, 95 – Fazenda do Rio Tavares

Fone: 3337-4028
crassul3@gmail.com

 

CRAS LESTE  I

(Itacorubi)

Rodovia Amaro Antônio Vieira, 1916 – Itacorubi

Fone: 3338-1068